Atendimento:
(17) 3281-1285
PROCEDIMENTOS

Braços
Braços - Procedimentos - Clnica Lopes Ferraz - Olmpia-SP

Braquioplastia - Lifting dos Braços - Plástica dos Braços
O braço é uma das regiões que mais preocupa os doentes após uma grande perda ponderal. Nesses casos a parência física é resultado de uma combinação de fatores, incluindo a morfologia ligada ao sexo e a alteração de massa corporal (IMC), que produz excesso de pele e de tecidos moles, além de um tônus cutãneo deficiente. As mulheres tendem a apresentar excesso de pele e celulite nas coxas e braços, nos homens essas regiões são afetadas em menor grau e geralmente não tem celulite.

O estigmade uma perda ponderal expressiva na silhueta do corpo tanto de homens quanto de mulheres é consequência da impossibilidade de retração da pele e dos tecidos moles acompanhando muitas vezes as alterações produzidas por cirurgias bariátricas ou pelas alterações nos hábitos de vida sobre o metabolismo das gorduras. A pele e os tecidos moles tendem a cair no sentido ímfero-medial a partir das regiões onde caracteristicamente ocorre deposição de gordura. Além dos problemas relativos ao excesso de pele e de tecidos moles, o paciente submetido a cirurgia bariátrica tende a apresentar problemas no tônus cutâneo.

Os indivíduos obesos muitas vezes apresentam excesso de peso desde a infância e quase sempre desde a adolescência. Normalmente esses pacientes, perderam e ganharam peso diversas vezes nos anos que precedem essa perda ponderal definitiva ou a cirurgia bariátrica, na tentativa de diminuir o peso por meio de alterações na dieta e no modo de vida. O longo período que a pele se mantém sob tensão e a história frequente de alterações no peso tipo “ioiô”; ”sanfona”, levam à perda na elasticidade da pele após uma grande redução de peso; sendo comuns estrias e celulites. A braquioplastia é hoje a segunda cirurgia plástica mais procurada para o contorno corporal após perda de peso.

Nesse procedimento é ressecado o excesso de pele e tecidos moles, ficando a  cicatriz resultante em local o mais escondido possível é realizada em um plano superficial para se evitar o edema lifático e geralmente é precedida de lipoaspiração da àrea a ser ressecada. Deve deixar o braço com forma anatômica pouco convexa, evitando o desnivelamento aparente. No pós-operatório há necessidade de repouso relativo dos membros superiores, utilizam-se analgésicos de rotina e antibióticoterapia profilática e malha elástica de média ou baixa compressão que auxilia na diminuição do edema. A boa axecução das técnicas garante aos pacientes um graude contentamento importante tanto com o braço desnudo como quando coberto por vestes.                              
              
Dr.Waldemar Lopes Ferraz Neto - [email protected]